Hoje é 23 de Agosto de 2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca geral no site:

Cadastre seu email

   
Sondagem Industrial de Mato Grosso - Julho de 2017
  Pesquisa realizada pela CNI, em parceria com a Fiemt
ndice de Confiana do Empresrio Industrial de MT - 08/2017
  Pesquisa realizada pela CNI, em parceria com a Fiemt
Publicação
 
 
Trabalhadores recebem orientaes sobre os riscos do diabetes
Em: 20/02/2017 às 09:38h por Assessoria de Comunicao - Sistema Fiemt

Foto

Fome exagerada, fadiga, muita sede e cicatrização difícil são apenas alguns dos sintomas causados pelo diabetes. Silenciosa, a doença tem consequências graves e podem levar à morte. Para tratar sobre o problema, que atinge mais de 160 mil pessoas em Mato Grosso, conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde, o Serviço Social da Indústria (Sesi-MT) realizou, na sexta-feira (17/02), palestra orientativa destinada aos trabalhadores de três indústrias.

De acordo com a auxiliar de contabilidade do grupo Palu, Salete dos Santos a palestra contribui, aos poucos, para pequenas mudanças de hábitos. “A empresa preza pela saúde dos colaboradores e isso envolve a alimentação. O restaurante que nos atende, por exemplo, tem nutricionista. Aqui já foi identificado casos de diabetes, mas ainda percebemos que falta muito para terem consciência da seriedade da doença. Então sempre falamos sobre isso, pois, assim como as orientações de Segurança no Trabalho, é preciso que eles coloquem em prática o que aprendem sobre saúde”, destaca Salete.

Há cinco anos, Paula da Cruz, 42 anos, convive com a doença que teve início na gravidez. Mas o diabetes já era presente na família muito antes. “Meu irmão morreu em decorrência do diabetes. Em casa, sou eu, minha mãe e irmã com esta doença. Por isso, cuido muito da alimentação, mas é difícil. Sinto muita fome e tenho que me controlar sempre e também cuidar do que meus filhos comem. Eles gostam muito de tomar leite com chocolate e ainda querem colocar mais açúcar. Então, sempre lembro que não precisa, pois faz mal e mata”, diz a serviços gerais que participou da palestra.

Os tipos do diabetes, causas e fatores de riscos para a doença, complicações e exames para detecção foram abordados pela nutricionista do Sesi-MT, Roberta Sanches, durante a palestra. De acordo com ela, os problemas em decorrência da doença podem ter reflexos também no trabalho.

“O excesso de açúcar no sangue provoca no nosso organismo várias alterações e prejudica seu perfeito funcionamento. Nossos rins, olhos, corações e cérebro são os principais órgãos afetados. Seu acometimento pode levar ao afastamento do trabalho, perda na qualidade de vida e até ao óbito. Por isso, é tão importante a manutenção dos níveis de glicemia sanguínea, que ocorre por meio da alimentação adequada e atividade física. Assim, temos combustível para uma vida mais saudável”, finaliza.




Foto
Foto
 
Imprimir   Enviar por e-mail

 

Comentrios()


Campo obrigatrio.


Campo obrigatrio.Formato invlido.


Campo obrigatrio.


Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555